domingo, agosto 02, 2009

Fechar ou não fechar?

Bem... as nossas vidas entraram numa viagem alucinante que nos tem mostrado como as coisas são tão simples e nós só complicamos.

Já alguém pensou em como é dificil agradecer as bençãos de todos os dias, ver como é bonito estar por aqui... e continuar a ser criança?! E como é fácil a vitimização, a incoerencia e o ser maduro, adulto?!

Se ser adulto é ser imprudente, é deixar de acreditar, é deixar de sonhar, é não mudar, é não crescer...

Então eu sou criança.
Eu voltei a ser criança, nós voltámos a ser crianças.

Temos mudado muita coisa, que na cabeça de muitos faria muita confusão... e q para nós nada nunca teve mais sentido do que a MUDANÇA AGORA.

Por tudo isto e muito mais, que de tão simples e belo é tão complexo partilhar convosco... me levou a pensar encerrar este blog. Não me fazia sentido continuar...

Mas depressa percebi que foi o meu caminho, o meu crescimento... que tinha um outro propósito no início... que me fez chegar a este MOMENTO de viver o agora, deixando o passado e não tendo medo do futuro.

O meu caminho pode até não inspirar ninguém, pois cada um de nós tem o seu caminho, as suas escolhas, o seu propósito e o seu sonho... mas às duas por três o Menino do piano tocará para alguém também.

Obrigada por me "ouvirem"... e acreditem coincidências não existem, tudo tem um propósito e todos têm a importância na vida de cada um.

O blog não fecha... até já!!!